Brahim Gali: “O povo saharaui enfrentará esta pandemia com consciência, responsabilidade, disciplina e compromisso”

Chahid El-Hafed (SPS) – O Presidente da República Democrática Árabe do Sahara, Secretário Geral da Frente POLISARIO, Brahim Gali, enviou uma mensagem à nação por ocasião da crise internacional causada pelo COVID- 19 e as medidas implementadas pelo Estado saharaui para enfrentar a pandemia.

Em um discurso transmitido ao vivo pela National Television ( http://rasd.tv/ ) e pela Radio Nacional, o presidente saharaui alertou que os povos do mundo estão atualmente passando por um dos piores períodos da história como resultado da disseminação do vírus COVID 19, que internacionalmente já causou lamentáveis ​​perdas humanas e econômicas.

“Estamos enfrentando um perigo que exige que todos, sem exceção, colaborem plenamente para enfrentar esta pandemia e impedir a sua disseminação catastrófica enttre o nosso povo”, disse o presidente saharaui, lembrando as medidas precoces e necessárias promovidas pelo governo, levando em consideração o cenário regional e internacional.

Recordando a ausência de casos positivos nas áreas liberadas da República Árabe Saharaui Democrática e nos campos de refugiados, Brahim Gali destacou o esforço realizado pelo Comitê Nacional de Monitoramento e Prevenção de Coronavírus (COVID-19) e a colaboração plena dos cidadãos com o medidas anunciadas.

Para o presidente saharaui, a situação atual merece uma menção especial às equipes de saúde e às forças de segurança pela sua disciplina e dedicação nesses tempos difíceis.

“A batalha crucial do nosso povo pela sua existência só pode terminar com a vitória e a soberania total do Estado saharaui sobre todo o território nacional, o que requer uma preparação completa e permanente para enfrentar todos os obstáculos”. Alertou ainda que “diante da ocupação atroz do regime marroquino, que causou o exílio e a falta de recursos, somos chamados a redobrar nossos esforços, no âmbito da unidade nacional, e estar atentos aos propósitos de o inimigo.

Nesse sentido, Brahim Gali enfatizou a responsabilidade da ONU e sua obrigação para com a população que vive nas áreas ocupadas do Sahara Ocidental e os presos políticos saharauis presos pelo regime de ocupação marroquino. Também atribuiu o regime marroquino à vida de ativistas condenados ilegalmente.

“Sob a liderança do POLISARIO, o povo saharaui soube superar todos os desafios e enfrentar as adversidades, independentemente da sua magnitude. Ele enfrentará essa epidemia global com consciência, responsabilidade, disciplina e comprometimento ”, destacou.

Dada a incapacidade das grandes potências de lidar com a pandemia, Brahim Gali alertou que as únicas medidas efetivas para lidar com o vírus são “confinamento e distanciamento social”. Por isso, exigiu que todos os cidadãos respeitassem o confinamento e minimizassem a mobilidade nos campos de refugiados e áreas liberadas.

“Aproveito esta oportunidade para apelar a você, em benefício dos interesses nacionais, para proteger suas vidas e as vidas de todas as pessoas contra um inimigo cruel”, acrescentou o presidente saharaui.

Por fim, o chefe de estado indicou que enfrentamos um grande desafio que requer uma compreensão da situação e de seus riscos. E mais uma vez enfatizou a prevenção como um dos principais pilares do sistema de saúde saharaui e seus sucessos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.